PASTORAL DA CRIANÇA REALIZOU XXV ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DELIBERATIVA

É para celebrar a missão que nos une como irmãos e presença do amor solidário de Deus que a Pastoral da Criança realizou a XXV Assembleia Geral Ordinária nos dias 13 a 15 de janeiro no Museu da Vida, em Curitiba.

Coordenadores Estaduais da Pastoral da Criança de todo o Brasil esteve em Curitiba para participar da Assembléia Geral desse ano, que foi eletiva. Como habitual, seguiremos o método Ver, Julgar, Agir, Avaliar e Celebrar e os temas pautados: Fortalecimento da Missão; Apreciação do Relatório Anual; Ações Básicas da Pastoral da Criança; Ações complementares e opcionais; Aprovação das contas do exercício anterior e previsão orçamentária para o ano seguinte; Assembleia Indicativa (Conselho Diretor e Conselho Fiscal) e outros assuntos propostos.

Segundo nosso Estatuto, o Conselho Diretor da Pastoral da Criança é eleito pela Assembléia Geral – composta pelas Coordenações Diocesanas, representadas pelas Coordenadores Estaduais; Membros do Conselho Diretor e dois representantes da ANAPAC; e deve ser homologado pela CNBB (vide abaixo parte do Art.23 do Estatuto, que pode ser consultado completo em: https://www.pastoraldacrianca.org.br/categoria-institucional/68-estatuto).

Quanto ao Presidente do Conselho Diretor, que pode ser um Bispo e, nesse caso, acumular o cargo de Diretor Pastoral (conforme pode ser visto no link acima), o costume é ouvir as Coordenações Diocesanas e Estaduais para receber nomes e enviar para a CNBB os Bispos que foram previamente consultados indicando os que aceitam a missão.

Assista abaixo a mensagem de Dom Walmor Oliveira de Azevedo, Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), para o início da XXV Assembléia Geral Ordinária Deliberativa da Pastoral da Criança.

https://www.pastoraldacrianca.org.br/noticias2/4869-xxv-assembleia-geral

Rolar para cima