Por causa do coronavírus, bispo Dom Wellington de Queiroz orienta padres e fiéis a evitar abraço da paz e mãos dadas nas celebrações

Por causa da confirmação de um caso de coronavírus, o Covid-19, no Brasil, o bispo Dom Wellington de Queiroz, da Diocese de Cristalândia, enviou uma carta circular na manhã deste sábado, 29/02, às paróquias orientando que sejam adotadas medidas preventivas, como evitar o abraço de paz nas celebrações e o gesto de dar as mãos, como no momento do Pai Nosso.

A carta foi direcionada a padres, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas, ministros da comunhão, agentes de pastorais, movimentos e associações e aos fiéis.

Além disso, de acordo com a carta, os fiéis devem ser orientados a receber a comunhão apenas na forma de pão, preferencialmente na mão, evitando diretamente na boca. O bispo porém reforça que não é necessário pânico e que o objetivo é apenas adotar medidas para minimizar o risco de contágio.

A carta ainda orienta sobre a importância de evitar o contato direto, sem a devida proteção, com pessoas que estejam infectadas; lavar bem as mãos depois do contato físico e evitar aglomerações em locais com pouca ventilação.

Estas são recomendações, não significam uma determinação normativa.

Of 16 2020 Nota sobre CoronaVirus

Rolar para cima